Manuela falta a encontro e aumenta especulação de que vai desistir

marcha

Oito pré-candidatos à presidência participam do maior encontro nacional dos prefeitos em Brasília. No entanto, apesar de ter confirmado presença na XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, a pré-candidata à presidência da República pelo Partido Comunista do Brasil, Manuela d’Ávila, não compareceu ao evento. O presidente da CNM manteve vazia a cadeira de Manuela,lamentando o ocorrido. Os pré-candidatos Alvaro Dias (Podemos),Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) compareceram ao encontro com milhares de prefeitos brasileiros.

Preso, Lula manda carta

lula-e-o-primeiro-ex-presidente-2003-2010-do-brasil-preso-por-um-delito-comum-1523233028054_v2_615x300

Para esta quarta-feira, 23 de maio, estão previstas as participações de Jair Bolsonaro (PSL), Afif Domingos (PSD), Geraldo Alckmin (PSDB) e Henrique Meirelles (MDB). Também está programada a leitura de uma carta de Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT, enviada desde a prisão em Curitiba.

Ziulkoski fala sobre a carta-compromisso a candidatos

paulo-ziulkoski-28-09-09

Na entrevista coletiva de imprensa aos veiculos que fazerm a cobertura da 21a. Marcha dos Prefeitos,o presidente da Confederação Nacional dos Mjnicipios, Paulo Ziulkoski comentou ontem em Brasilia a postura da entidade em relação à carta-compromisso entregue aos pré-candidatos à presidência da República. Segundo Ziulkoski, “Isso vai depender da postura de quem for eleito. Se ele, sabendo desse compromisso, começar a executar o que foi subscrito nesta Marcha, ao natural vai construir a forma dessa relação”, explicou.

Temer desburocratiuza o SUS

(Marcos Corrêa/PR)

O presidente Michel Temer surpreendeu e participou ontem da abertura oficial da Marcha dos Prefeitos, ao lado do ministro da Casa Civil,Eliseu Padilha. Saudou Pulo Ziulkoski,e anunciou um decreto que desburocratiza a relação entre municipios e governo federal na gestão do Sistema Unico de Saúde.

Em decisão monocrática, TJ dá aula de direito administrativo

23444941

Em decisão monocrática,o Tribunal de Justiça do Estado restabeleceu os limites do Tribunal de Contas do Estado em temas como a lei que extinguiu 13 fundações gaúchas. Em decisão de 13 laudas, o desembargador Luiz Felipe Silveira Difini concedeu o mandado de segurança requerido pela Procuradoria Geral do Estado e foi didático ao explicar que ” nesse sentido, pode (e deve) o TCE fiscalizar o cumprimento da lei, o que é diverso de afastar a aplicação de dispositivo legal, que cumpriu o correspondente processo legislativo. Isso porque não está dentre as funções do TCE o afastamento de lei estadual por entendê-la contrária a princípios esculpidos na Constituição Estadual.”

Bolsonaro: MST e MTST serão tratados a chumbo

(Foto: Mateus Bonomi/AGIF/Folhapress)

Em evento ontem na Associação Comercial do Rio de Janeiro, o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro , descreveu como irá grupos como o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto): “esses movimentos são compostos por “marginais que devem ser tratados como terroristas”. “A propriedade privada é sagrada. Temos que tipificar como terroristas as ações desses marginais. Invadiu? É chumbo”.

HORA DE COBRAR DO STF

30032016_presidente_ag._lar

Prefeitos de todo o país, reunidos em torno da 21ª Marcha a Brasília que foi aberta ontem, e se realiza até quinta-feira dia 24, programaram a entrega de um gigantesco abaixo-assinado à presidente do Senado,ministra Cármen Lúcia,cobrando uma definição do tribunal quanto ao julgamento da constitucionalidade da chamada Lei dos Royalties, parado desde 2013. Na época, a ministra Cármen Lúcia, concedeu medida cautelar suspendendo as novas regras de redistribuição dos royalties do petróleo, atendendo reivindicação dos Estados produtores da commodity. Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo -Estados produtores de petróleo- entraram com Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adin) no STF contra a lei aprovada no Congresso que retira parte de seus recursos e da União provenientes dos royalties para dividi-los de forma mais igualitária entre todos os Estados brasileiros. Desde então,mais de R$ 43 bilhões deixaram de entrar nos cofres das prefeituras brasileiras. O evento marca a despedida do gaúcho Paulo Ziulkoski,que deixa a presidência da confederação Nacional dos Municipios,depois de 21 anos.

DISCURSO DO MDB VAI PROJETAR O ENCONTRO COM O FUTURO

download (4)

O discurso que o MDB vai sustentar durante a campanha presidencial vai grifar as ações que o governo de Michel Temer conseguiu implementar, como o ajuste fiscal e a PEC do teto dos gastos, e recordar fracassos políticos, a exemplo da reforma da Previdência. O partido vai provar o documento “Encontro com o futuro” e deve confirmar Meirelles como único pré-candidato da sigla. O documento possui 45 páginas, e sustenta a importância do equilíbrio das contas públicas defende um aprofundamento na agenda reformista ao defender a redução das despesas obrigatórias da União.

A NECESSIDADE DA REFORMA

download (3)

Um ponto do documento do MDB é motivo de preocupação para qualquer candidato que pense em governar o país: ““As despesas da União com pessoal e gastos previdenciários no Orçamento de 2018, por exemplo, absorverão 73% da receita federal líquida”.

PROGRESSÃO DA PENA DE JOSÉ DIRCEU

download (2)

O Tribunal Regional Federal da 4a. Região foi bastante claro ao delimitar as regras pra uma eventual progresão do réu José Dirceu, que passou a cumprir pena de 30 anos e 9 meses em regime fechado: a progressão vai depender de Zé Dirceu devolver os R$ 15 milhões, valor em propina que foi retirado da Petrobrás.

HORA DE LULA CUMPRIR A PENA

lula-e-o-primeiro-ex-presidente-2003-2010-do-brasil-preso-por-um-delito-comum-1523233028054_v2_615x300

Comentário do jornalista José Neumânne, no “Estadao”. “Decisão de juiz retirando assessores, agentes de segurança, motoristas, automóveis e outras benesses de Lula é correta e serve para lembrar que está na hora de ele ser transferido para uma cadeia de verdade”.

TEMER REVERTEU A PIOR RECESSÃO DA HISTÓRIA DO PAÍS

temer

Não fosse encontrar-se dentro de um partido formado na sua maioria por oportunistas,e contar com uma base partidária aliada que não captou a dimensão do que foi realizado, formando um conjunto sem quaisquer convicções, e Michel Temer teria sua gestão de dois anos celebrada como a mais importante da história recente do país. Um exemplo disso, se observa a partir da leitura da análise dos professores Pedro Rossi e Guilherme Melo, ambos da Unicamp, que mostra com detalhes técnicos o tamanho da pavorosa recessão a que foi lançada a economia brasileira pelo governo Dilma Roussef, PT, nos anos 2014 e 2015. A análise chega a uma conclusão que consagra Temer: Esta, foi a pior recessão da história.

MADURO COMPROU VOTOS A 12 DÓLARES.

maduro

Sem recursos para abastecer o povo com alimentos e medicamentos,o governo corrupto do ditador Nicolás Maduro = apoiado no Brasil port partidos como o PT,PSOL,PCdoB e PSTU – comorou votos a 12 dólares,denuncia o líder opositor Henri Falcón. Segundo ele, “Prometeram 10 milhões de bolívares (US$ 12, pelo mercado negro) a quem registrar seu votos nos ‘pontos vermelhos’. Algo parecido com o nosso bolsa-família, fabuloso programa oficial de compra de votos. Não podemos vender nossa dignidade”. Os postos chavistas para fiscalizar e constranger eleitores,e a seguir pagá-los pelo voto, foram colocados em frente de centros de votação.

O Blog de Flavio Pereira