GIGANTES DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO LUCRAM COM A CRISE

A proposta de ampliar o congelamento dos preços do diesel por até 60 dias,como forma de melhorar a relação com os caminhoneiros, e dissipar a greve selvagem que afeta o Brasil, favorece ainda mais aos grandes grupos empresariais do país e do exterior que controlam hoje o transporte rodoviário de cargas e passageiros no país. Os caminhoneiros autônomos, que colocaram a cara a tapa neste movimento,é claro, também serão beneficiados. Mas o bolo maior ficará com os lucros das grandes empresas, beneficiadas com as medidas,e cujos empresários retiveram suas frotas para aumentar a dimensão da crise que encurralou o governo. Esta conta que pagaremos todos, é estimada por baixo, em R$ 10 bilhões até o final do ano.

Deixar uma resposta

O Blog de Flavio Pereira