RENEGOCIAÇÃO DA DÍVIDA GAÚCHA E DENÚNCIA CONTRA MICHEL TEMER

20160518-temer_sartori-1

O governo gaúcho tenta recuperar o tempo perdido, e resgatar alguns dos compromissos que constam da lista que o Tesouro Nacional exige para dar andamento ao processo de adesão ao regime de recuperação de estados endividados em situação de calamidade fiscal. Há uma dificuldade extra, no momento: o governo federal, no momento,concentra suas atenções na articulação para superar a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. A meta do governo federal para ultrapassar esse obstáculo, segue sendo 11 de outubro. Até lá, outros temas terão papel secundário.

MAIS UMA DOR DE CABEÇA

download

Estimulados pela União Gaúcha dos Agentes, policiais civis começam a ingressar com ações judiciais buscando receber adicional pela tarefa de carcereiro em delegacias. A área jurídica da Ugeirm Sindicato encontrou embasamento jurídico para buscar uma compensação financeira para os agentes policiais, cujas delegacias tem acolhido presos provisórios em suas dependências.

SE QUISEREM, DEPUTADOS ESTADUAIS VOTAM HOJE

assembleia-legislativa

Depois de encerrar a ordem do dia da sessão da última terça-feira, pela falta de deputados em plenário, a Assembléia gaúcha poderá voltar a votar matérias importantes na sessão desta tarde. Cinquenta e duas matérias estão prontas para serem votadas na sessão plenária desta terça-feira. A decisão porém, será tomada esta manhã, em reunião de líderes na sala da presidência.

QUEM TERÁ AUMENTO DO IPTU

20170206-leonardobusatto

Ficou para esta quarta-feira a discussão e votação do projeto de revisão do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano de Porto Alegre). Enquanto a prefeitura não divulga o simulador do imposto para os contribuintes, o secretário da Fazenda, Leonardo Busatto, dá uma dica, indicando que contribuintes que hoje pagam mais de R$ 500, em média, devem ter aumento do imposto.