DUAS VISITAS DE SÉRGIO MORO AO ESTADO

sergio-moro16

Para desespero dos fãs e admiradores de corruptos de todos os partidos, o juiz federal Sérgio Moro tem na agenda, programadas duas visitas ao Rio Grande do Sul. A primeira, neste sábado, quando fará palestra na Jornada Internacional de Investigação Criminal, em Gramado. A outra, dia 21, no 10° congresso da Associação Brasileira de Economia e Direito, em Porto Alegre. À noite o magistrado faz palestra em Novo Hamburgo, promoção do Grupo Sinos.

A SINA DE MONTENEGRO

portico-montenegro

Depois de ter o prefeito Paulo Azeredo (PDT) afastado sob a acusação de ter construído uma ciclovia sem consulta prévia ao Conselho Municipal de Transportes, agora o município gaúcho de Montenegro se depara com novo afastamento de prefeito. Desta vez, o prefeito Luiz Américo Aldana (PSB) acusado de irregularidades em licitações, que somam a R$ 20 milhões.

INVESTIMENTOS DE R$ 3 BILHÕES EM ENERGIA HÍDRICA

logo

Nem tudo são más notícias no governo gaúcho. Hoje, o governo do Estado entrega as licenças ambientais autorizando a instalação de seis novos empreendimentos de geração de energia hídrica. A cerimônia acontecerá às 14h na Casa Branca da Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, com a presença do governador José Ivo Sartori e da secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e diretora-presidente da Fundação de Proteção Ambiental (Fepam), Ana Pellini. Os empreendimentos estão entre os 91 projetos viáveis anunciados em ocasião do lançamento do Programa Gaúcho de Incentivo as Pequenas Centrais Hidrelétricas, no dia 13 de julho.

BAIXA PRODUTIVIDADE DO LEGISLATIVO?

download (1)

Provavelmente a atual legislatura do parlamento gaúcho tenha sido até agora, a que menor numero de projetos discutiu ou votou em plenário. Mesmo levando-se em conta a dificuldade de acordo entre governo e oposição como fato gerador, a realidade é que o legislativo gaúcho vê,com essa inércia, despencar sua imagem junto aos cidadãos.

A VOLTA DA AVENIDA CASTELO BRANCO

Vereador Reginaldo Pujol na tribuna do plenário

Andou bem a 3ª Câmara do Tribunal de Justiça do Estado,ao acolher o pedido de nulidade da lei municipal que alterou o nome da avenida Castelo Branco. A iniciativa de anular a proposta viciada, partiu dos vereadores Reginaldo Pujol, Monica Leal e dos ex-vereadores Mario Manfro e Guilherme Villela. Assim, o Marechal Castelo Branco, herói de guerra, e ex-presidente do Brasil, por ora,volta a denominar a principal entrada de Porto Alegre.

O Blog de Flavio Pereira