RELATÓRIO DA CPI SEGURADORAS VEICULARES GERA EXPECTATIVA

Pelo teor das informações recolhidas ao longo dos trabalhos da CPI das Empresas Seguradoras Veiculares, o relatório que está sendo elaborado, poderá conter dados explosivos. A votação do relatório deve ocorrer na próxima semana. O presidente da Comissão, deputado Enio Bacci (PDT) porém garante que tudo está sendo feito de forma prudente: ‘Nosso objetivo é o de buscar indícios, razoáveis, que justifiquem encaminhamentos a instâncias que analisarão o conteúdo e tomarão as medidas cabíveis”.

ASSEMBLEIA DO RIO DESCUMPRE O RRF

Descumprindo o Regime de Recuperação Fiscal, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro aprovou reajuste salarial de 5%, para servidores do Tribunal de Justiça, do Ministério Público e da Defensoria Pública, totalizando 17.778 funcionários da ativa. É semelhante ao que Judiciário, MP, Defensoria e Legislativo querem aprovar no Rio Grande do Sul. Estes reajustes descumprem o previsto no Regime de Recuperação Fiscal.

STF EM DESTAQUE NA SEMANA

As recentes decisões do Supremo Tribunal Federal, como a controversa libertação do petista Zé Dirceu, e ainda esta semana, a decisão monocrática do ministro Marco Aurélio, de autorizar a liberdade do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, colocam novamente a Suprema Corte como lo de críticas. O caso de Eduardo Cunha só não ficou pior, porque sua soltura não foi autorizada,já que ele responde a um outro processo,ao qual o ministro Marco Aurélio não se referiu,na sua ordem de soltura.

FIM DO IMPOSTO SINDICAL

Ainda na sexta,o Supremo confirmou o texto da nova legislação trabalhista,que acaba com a obrigatoriedade do imposto sindical. Com isso, acaba com os pelegos milionários incrustados nos sindicatos do país. A partir de agora,a contribuição sindical apenas será descontada do salário do trabalhador,se este autorizar.

SUPORTAREMOS 21 MINISTROS?

Por conta disso tudo, o presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL, defendeu a ampliação do número de ministros da Corte. Ontem, Bolsonaro disse ao jornal O Globo, que, se eleito, é abrir mais dez vagas no STF, para ampliar o número de ministros dos atuais 11 para 21. “Vamos passar pra 21 ministros, se tiver um acordo, para gente colocar lá dez do nível do Sérgio Moro, para poder termos a maioria lá dentro”, afirmou.