SARTORI DIZ QUE DEPUTADOS SE OPUSERAM AO DIREITO DA SOCIEDADE EM OPINAR SOBRE FUTURO DAS ESTATAIS

O governador José Ivo Sartori abandonou ontem o estilo conciliador,para arremeter, em nota oficial, uma dura crítica ao legislativo gaúcho,ao afirmar que “a população deve ter bem claro que os deputados se opuseram não à alienação das estatais, mas sim, ao processo democrático e constitucional de assegurar à sociedade o direito de escolha sobre o futuro do Estado.” O governo sustenta que a privatização ou federalização da CEEE, CRM e Sulgás são pautas fundamentais para a recuperação do Estado.

VERBAS DO PARTIDO CRISTÃO PARA PAGAR PROSTITUTAS

Para quem imaginava ter visto de tudo, agora o ex-presidente nacional do Partido Social Cristão Vitor Jorge Abdala Nósseis é suspeito de usar dinheiro da fundação ligada ao partido para pagar prostitutas. Apareceu em Brasília uma gravação em que o ex-dirigente admite ter usado verbas públicas recebidas via Fundo Partidário para manter relações sexuais com mulheres. A ousadia foi tanta,que a nota com despesas foi anexada pelo próprio PSC na prestação de contas de 2017 entregue ao Tribunal Superior Eleitoral.

FHC APARECE NA LAVA-JATO

Demorou, mas o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso,líder-maior dos tucanos no país,apareceu em documentos mencionando propinas da Odebrecht dentro da Operação Lava-Jato. Foi na investigação dos emails do empresário Marcelo Odebrecht. Ontem,o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que pode ter feito o pedido para Marcelo Odebrecht, mas reforçou que eram legais.