LANÇADO O MANIFESTO DE CRIAÇÃO DA NOVA POLÍTICA

2018-01-22-PHOTO-00000935

Este colunista participou ontem na Câmara de Vereadores da capital gaúcha, da mediação do talk show que reuniu o arquiteto Percival Puggina,e o jornalista e advogado Políbio Braga, no evento de lançamento do manifesto da Frente Nacional da Nova Política. Com a presença de deputados, vereadores, lideranças politicas, profissionais liberais e servidores públicos vindos de vários municípios gaúchos, foi chancelado o lançamento do manifesto que criou a Frente Nacional da Nova Política que se propõe a criar frentes de luta contra a corrupção e a impunidade. O documento propõe “ uma nova agenda de políticas públicas para o Brasil e, principalmente, colocar-se à disposição para implementá-la dentro e fora dos governos”. O movimento busca renovar a política a partir do engajamento dos cidadãos. Os princípios apresentados no documento são: supremacia do interesse público; defesa da democracia, redução das desigualdades, compromisso com a ética, competência de gestão e combate à corrupção e à impunidade.

CONGELAMENTO DO ENTORNO DO TRF4

th (2)

O plano de segurança apresentado ontem pelo secretário Cezar Schirmer para garantir condições para o julgamento do recurso do ex-presidente Lula, prioriza o congelamento de todo o entorno do Tribunal Regional Federal da 4ª. Região. O GSI (Gabinete de Segurança Institucional) comandado pelo general Sergio Etchegoyen acompanha desde Brasília, em tempo real, toda a operação.

CACIQUES NOMEIAM DIRIGENTES DOS PARTIDOS

lula-PMDB

Embora esteja em vigor desde 2015, uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral que dava um prazo de 120 dias para que as legendas alterassem seus estatutos, definindo prazos máximos para a duração das comissões provisórias, a grande maioria dos diretórios partidários no Brasil é provisória: das 55.204 direções municipais, estaduais e nacionais, 40.575 (ou 73,5% do total) foram nomeadas pelos caciques.