ENFIM, O HOSPITAL REGIONAL DE SANTA MARIA

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL 23.03.15: O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, acompanhado dos secretários estaduais da Educação, Vieira da Cunha, da Saúde, João Gabbardo e, da Segurança Pública,  Wantuir Jacini participou,  da cerimônia de entrega micro-ônibus escolares e viaturas para a  Brigada Militar, Polícia Civil e Saúde, realizada na manhã de hoje (23) no Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), em Porto Alegre . Foto: Karine Viana/Palácio Piratini
PORTO ALEGRE, RS, BRASIL 23.03.15: O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, acompanhado dos secretários estaduais da Educação, Vieira da Cunha, da Saúde, João Gabbardo e, da Segurança Pública, Wantuir Jacini participou, da cerimônia de entrega micro-ônibus escolares e viaturas para a Brigada Militar, Polícia Civil e Saúde, realizada na manhã de hoje (23) no Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), em Porto Alegre . Foto: Karine Viana/Palácio Piratini

O ministro da Casa Civil confirmou ontem,o que parece ser a melhor solução encontrada para colocar logo em funcionamento o hospital regional de Santa Maria: o governo federal garantir os recursos para uma parceria do governo gaúcho com a Fundação Universitária de Cardiologia. O Instituto será contratado pelo Estado para administrar o Hospital Regional de Santa Maria, que que se encontra concluso há três anos. Nesse período, mesmo fechado, o hospital já custou R$ 60 milhões para sua manutenção.

GOVERNADOR SUGERE QUE DISPUTA POLÍTICA FIQUE PARA TRÁS

WZ_P748e

Nos bastidores,o que tem atrasado uma solução nos últimos anos para o caso,é uma queda de braço política, distante dos olhos da comunidade regional. Ontem,o governador José Ivo Sartori fez o anúncio oficial. O governador mostrou não desconhecer a existência de uma disputa politica que tem atrasado a solução para o caso, ao afirmar que “A questão do hospital deve ser tratada com seriedade e prioridade. Não se resolve esse desafio com discurso, mas com atitude. Inclusive espero, sinceramente, que ninguém faça exploração política de um assunto tão sério como a saúde pública. Chega de puxar para trás. Vamos nos unir e seguir em frente”.

GENERAL ETCHEGOYEN ASSUME PROTAGONISMO

download (3)

É do general gaúcho Sérgio Etchegoyen, do GSI (Gabinete de Segurança Institucional da presidência da República) todo o protagonismo no trabalho de inteligência em torno das manifestações convocadas para a próxima semana, em Porto Alegre. Etchegoyen tem atualizado relatórios levados ao presidente Michel Temer, monitorando as providencias e assegurando que as forças de segurança locais têm condições de contornar qualquer situação mais delicada que possa ocorrer em função de eventual radicalismo. Polícia Civil, e Brigada Militar contarão com eventual respaldo de forças federais, se for necessário. A análise do GSI observa porém, que o Ministério Público nesse caso, tem se mantido um tanto distante do caso.

MINISTRO JUNGMANN ASSISTE DE CAMAROTE

download (2)

A retirada do ministro da Defesa Raul Jungmann de qualquer protagonismo nos dispositivos de segurança em Porto Alegre foi resultado de sua desastrada declaração, minimizando pedido de providencias formulado pelo prefeito da capital gaúcha, Nelson Marchezan Júnior. No episódio, Jungmann falou mais como militante comunista do PPS, que como ministro da Defesa.

COLEGAS DE BOLSONARO NO ALTO COMANDO

thumb_90275ea7-3c7d-4b6d-af78-9c8564392005

Generais, brigadeiros e almirantes da ativa consultados pela reportagem do jornal O Estado de S. Paulo avaliaram que o fato de o deputado ter defendido a tropa durante as sessões da Comissão da Verdade, no governo da presidente cassada Dilma Rousseff, ajudou a romper as críticas dentro das Forças Armadas. Além disso, atualmente quatro dos 15 generais que integram o Alto Comando do Exército são colegas de Bolsonaro na turma de 1977 da Academia Militar das Agulhas Negras.

O Blog de Flavio Pereira