OS NÚMEROS DA OPERAÇÃO VIAGEM SEGURA

Foi expressivo o resultado da  70ª edição da força-tarefa da Operação Viagem Segura de Carnaval: da meia-noite de sexta-feira (24) até meia-noite de quarta-feira, registrou 19.309 infrações de trânsito, recolheu 1.180 veículos ao depósito e reteve 546 carteiras de habilitação irregulares. Foram fiscalizados 65.643 veículos em todo o estado. A ação da Polícia Rodoviária Federal,

SUSEPE SE ANTECIPA AOS PROBLEMAS

  O diretor da Escola dos Serviços Penitenciários, João Eduardo Quevedo Reymundi promoveu uma reunião com o presidente do DETRAN, Ildo Mario Szinvelski para encaminhar os procedimentos de habilitação de servidores da Susepe em carteira classe “D”. Reymundi considera essa medida, “uma necessidade latente na Susepe”. O projeto prevê habilitar 300 agentes Penitenciários de todas

NA ASSEMBLÉIA, SOSSELA QUER UMA COMISSÃO PARA DISCUTIR CONCESSÕES DE RODOVIAS NO RS

A polêmica que envolve alguns pontos das concessões federais de rodovias no estado chega gora à Assembléia Legislativa. Ontem,o deputado Gilmar Sossella (PDT) informou à coluna, que formalizou um requerimento para criação de uma Comissão de Representação Externa para tratar das concessões federais no Estado. O documento foi entregue ao presidente da casa, deputado Adão Pretto (PT), durante a sessão

OS DESAFIOS POLÍTICOS DO ANO

  O presidente Michel Temer retornou ontem ao front com a meta de manter o ritmo de discussão e aprovação da proposta de Reforma da Previdência, em tramitação na Câmara dos Deputados. Desfalcado do seu principal articulador político,o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha, que recupera-se de uma cirurgia de próstata, e aguarda os desdobramentos da crise provocada

A BOLA ESTÁ COM RODRIGO JANOT

Há outro problema que assombra o mundo político em Brasília: o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pode, a qualquer momento, levantar o sigilo integral ou de apenas uma parte, das 77 delações de ex-diretores e ex-executivos da Odebrecht. Nos meios políticos a torcida é que a “injeção” seja aplicada de uma única vez. Ou seja: se for para quebrar

MUDEM O NOME

  O PSB vinha insistindo com o nome de Fabiano Pereira pra a pasta da Justiça e Direitos Humanos. O governo mandou ontem um recado ao partido: se quiser manter um espaço no primeiro escalão, indique outro nome.

BASE INSTÁVEL AINDA PREOCUPA

A base do governo no legislativo continua extremamente instável. Para o governo, nas votações mais desgastantes de 2016, falaram votos do PP, do PDT e do PSB. No PDT,o governo nunca conseguiu contar com os sete votos da bancada trabalhista, mantendo em média quatro deles. Por esta razão, busca conquistar o apoio pontual do PTB

NA PAUTA, O PISO REGIONAL

  Um teste importante para a Assembléia Legislativa, agora sob o comando do deputado petista Edegar Pretto, será a votação, na semana que vem do reajuste do salário mínimo regional com vigência a partir de fevereiro deste ano. O projeto encaminhado pelo governador José Ivo Sartori (PMDB), prevê um reajuste de 6,48%, que segue o

APOIO E CARGOS

  No meu comentário apresentado no programa Pampa Bom Dia, sob o comando do Rafael Marconi, comentei que, se todos os deputados da base que indicaram cargos de confiança para o governo, votassem com os projetos do executivo, o governador não teria maiores problemas. Contabilizaria no mínimo, os 33 votos para aprovar as propostas mais

O VETO A FABIANO

Uma outra dificuldade trazida por esta coluna,passa agora a ser admitida publicamente por deputados da base do governo: a indicação pelo PSB, do ex-deputado Fabiano Pereira para ocupar um cargo de primeiro escalão. O PSB quer colocar Fabiano Pereira na Secretaria de Justiça e Direitos Humanos. Fabiano encontra resistência entre deputados que conviveram com a

YUNES E A MARAU PARTICIPAÇÕES

No GGN, seu blog de notícias, o jornalista Luís Nassif entrou ontem na confusão, e inventou um power point que tenta envolver o presidente Michel Temer no imbróglio de José Yunes. O intrincado e confuso quebra-cabeça mostra claramente que há uma tentativa de aproveitar esse episódio para criar uma crise ainda maior do que ela

DIRETO NA FONTE

Os leitores da coluna podem ver com os próprios olhos todo esse mirabolante quebra-cabeças, acessando o endereço: http://jornalggn.com.br/noticia/o-primeiro-amigo-yunes-a-holding-marau-e-o-encontro-dos-bilionarios

CIRURGIA BEM SUCEDIDA

Ontem, um boletim médico do Hospital Moinhos de Vento em Porto Alegre indicou que a cirurgia urológica da próstata, a que foi submetido Eliseu Padilha, transcorreu sem problemas. Os médicos Claudio Teloken e Nilton Brandão da Silva recomendarão a permanência de Padilha no hospital durante 48 horas. A expectativa do ministro, é de retorno a

PADILHA AVISA: VOLTA EM 10 DIAS

  O ministro Eliseu Padilha, licenciado do cargo de chefe da Casa Civil da presidência da República, revelou neste sábado em conversa com o colunista, que deve reassumir o cargo em até dez dias. Tudo depende da avaliação médica. Padilha, nesta segunda-feira vai se submeter a um procedimento cirúrgico da próstata, no Hospital Moinhos de

“VOZ FORTE” DO PLANALTO

Neste final de semana,em matéria assinada pelas jornalistas Geralda Doca, e Cristiane Jungblut, o jornal O Globo faz um balanço do cenário político que cerca o presidente Michel Temer, e conclui, com base em fontes do Palácio do Planalto, que a importância de Padilha no governo é fundamental,a tal ponto eu o temor da equipe

O IMBRÓGLIO YUNES X PADILHA

Mencionado em versão do advogado José Yunes em uma versão sombria, segundo a qual, teria recebido em seu escritório um envelope contendo dinheiro enviado pelo lobista Lúcio Funaro, a seu pedido, Eliseu Padilha nega com veemência esta narrativa. O advogado José Yunes e Padilha são velos amigos do presidente Michel Temer. Yunes deixou a assessoria

CONTRAPONTO

O jornalista Políbio Braga publica em seu blog a informação de que Lúcio Funaro negou na sexta-feira as declarações dadas pelo ex-assessor especial da Presidência da República José Yunes à PGR (Procuradoria-Geral da República) sobre um episódio envolvendo a entrega de um pacote a Yunes a pedido do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. De

SERRAGLIO É GAÚCHO DE ERECHIM

A indicação do deputado federal Osmar Serraglio, do PMDB, para o ministério da Justiça, acabou contentando um espectro tão amplo, que inclui desde as bancadas do PMDB e do PSDB, até a Bancada ruralista, da qual o deputado vinha sendo um dos protagonistas na defesa de propostas de interesse do grupo. Deputado há cinco mandatos,

ROMPIMENTO INVISÍVEL

O deputado Fabio Ramalho, do PMDB, vice-presidente da Câmara, promoveu ontem um movimento isolado, anunciando o rompimento com o governo, depois da indicação de Serraglio. Ele defendia a indicação de um mineiro para o ministério da Justiça. Na verdade, o governo deixou de levar a sério o deputado mineiro, depois que ele,em profunda avaliação política,

AÇÃO PARA PREVENIR TRABALHO INFANTIL

Um movimento importante foi realizado ontem pelo Ministério Público do Trabalho, para prevenir ocorrências de trabalho infantil. A pocuradora do Trabalho Patrícia de Mello Sanfelici, representante regional da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes (MPT) reuniu em Porto Alegre, 21 representantes de secretarias da Educação de 14 municípios da

MINISTROS BONS DE MÍDIA

Além do ministro da Cultura, Roberto Freire, os gaúchos Osmar Terra, da Reforma Agrária e Desenvolvimento Social, e Eliseu Padilha, da Casa Civil têm sido os campeões em uso da mídia para difusão de ações relevantes do governo federal este ano.

FABIANO PEREIRA CAUSA RUÍDOS NA BASE

O nome do ex-deputado Fabiano Pereira, indicado pelo PSB para ocupar a Secretaria do Trabalho, agora absorvida pela pasta da Justiça e direitos Humanos, encontra algumas objeções entre deputados da atual base do governo. A ação forte de Fabiano, ainda como deputado do PT no governo Yeda Crusius (PSDB) deixou um efeito residual negativo em