Artigo Tarso Teixeira, superintendente do Incra-RS: A Democracia venceu a Pandemia

A Democracia venceu a Pandemia

A vontade soberana das urnas foi conhecida neste domingo em mais de 5 mil municípios brasileiros. Quando tantas opiniões e manifestações adversas anunciam a falência da democracia representativa, ora pelo esgotamento do modelo, ora por uma falsamente presumida “ascensão do fascismo”, é extremamente relevante saudar todos os agentes políticos que participaram das disputas locais, enriquecendo a democracia no momento mais desafiador da saúde pública em nossa geração.
Ao contrário do que anunciam as cassandras da política, sempre antevendo o apocalipse do Estado de Direito quando o governo não é exercido pelos seus, a democracia constitucional demonstrou robusta vitalidade nos locais onde mais importa: os municípios, onde o destino dos recursos públicos afeta concretamente a vida dos cidadãos. Sim, houve grande abstenção, e isso está sendo vendido como descrença no sistema. Como se não tivesse havido uma Pandemia mundial a inspirar os justos temores de quem evitou sair de casa para votar, fora o desemprego provocado pelas medidas restritivas de governos estaduais que fecharam empresas e postos de trabalho. Como arcar com a despesa de táxi ou aplicativo para ir votar, sem fonte de renda, o que infelizmente se tornou a realidade de muitos? Mas lógico, para muitos analistas a culpa sempre será do governo federal. Melhor dizendo, ESSE governo federal.
De nossa parte, como superintendente do Incra no Rio Grande do Sul, renovamos o propósito de trabalhar em conjunto com os prefeitos dos 98 municípios com assentamentos da reforma agrária e comunidades quilombolas no Estado do Rio Grande do Sul, independente de cores partidárias. O Incra, como o órgão mais municipalista da união, seguirá parceiro dos prefeitos, prefeitas, vereadores e vereadoras na construção da dignidade e segurança jurídica das populações mais vulneráveis do campo.
Parabéns aos eleitos!
Viva o povo gaúcho e brasileiro!

Tarso Teixeira
Superintendente do Incra no Rio Grande do Sul

Deixar uma resposta