DEPUTADO GAÚCHO DIZ A ROBERTO JEFFERSON QUE INDICAÇÃO DA FILHA JÁ VIROU “FIASQUEIRA”

sergio moraes

A insatisfação na bancada federal do PTB, com o desgaste intenso a partir da indicação da deputada Cristiane Brasil para o cargo de ministra do Trabalho, já chegou ao presidente do partido, e pai da indicada, o ex-deputado Roberto Jefferson. Temendo retaliações porém, nenhum integrante da bancada federal havia se manifestado até agora. Coube ao deputado gaúcho Sérgio Moraes, que chegou a ser cotado para o ministério,mas recusou a indicação, dizer abertamente o que pensa, no grupo de Watsapp dos deputados da bancada. Ali, Moraes disse sem meias palavras: “Pedro Fernandes foi rejeitado por Sarney e o PTB não moveu um dedo. Agora toda essa ‘fiasqueira’… Desculpa, Roberto, a corda está esticando para todos nós”.

GOVERNO GAÚCHO JÁ TEM OS VOTOS PARA APROVAR AS PECS

GD_20160320120613sartori

Um movimento forte dentro da bancada do PTB poderá garantir os votos que faltavam para aprovar as PECs (Propostas de Emenda à Constituição) que autorizam a venda de estatais deficitárias. Possível aliado do PSDB na disputa ao governo do Estado,o PTB está convencido de que,sem o acordo da dívida com a União, ficará difícil governar o estado a partir de 2019.

FALTAM DEZ TRIBUNAIS

download

Dez tribunais ainda não entregaram ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça) a planilha com os vencimentos de dezembro de magistrados.Entre os dez tribunais – Regionais Federais, Eleitorais e Regionais do Trabalho – que não entregaram ao CNJ a relação de salários pagos em dezembro, nenhum pertence ao Rio Grande do Sul. O Tribunal de Justiça, o Tribunal Regional Federal da 4ª. Região, o Tribunal Regional do Trabalho,e o Tribunal Regional Eleitoral cumpriram com a determinação da ministra Cármen Lúcia.

CRIANDO MAIS FACTÓIDES

download (5)

Os primeiros movimentos do novo presidente do legislativo gaúcho, Marlon Santos, indicam que ele pode estar optando por fazer um tipo folclórico. Depois de afirmar que, se o governo aprovar no legislativo os projetos de adesão ao Regime de Recuperação Fiscal, iria pessoalmente recorrer ao judiciário contra a decisão, Marlon Santos, em busca de um factóide, agendou ontem uma audiência com o governador em exercício, José Paulo Cairoli. O encontro rendeu uma foto.