MEIRELLES SALVOU O PAÍS DE DUAS HERANÇAS TRÁGICAS: DE FHC E DILMA

O presidenciável do MDB, e ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles resolveu mudar a estratégia de comunicação para ser lembrado nas pesquisas pré-eleitorais, e lembrar que foi chamado pelo ex-presidente Lula,do qual foi presidente do Banco Central em dois mandatos,para debelar uma crise herdada do governo anterior (Fernando Henrique Cardoso) e novamente agora,quando foi convidado pelo presidente Michel Temer pra debelar a crise herdada do governo de Dilma Roussef.

CARTA DE PRÓPRIO PUNHO

Em carta de próprio punho divulgada nas redes sociais, Meirelles diz que nunca aceitou a divisão do País. “Atendi ao convite de Lula e tenho orgulho de ter comandado o Banco Central e a economia no período mais próspero da história recente. Tenho orgulho de que meu trabalho naquele período possibilitou que tantas pessoas saíssem da pobreza rumo à classe média”, escreveu

RECURSOS DA DEFESA DE LULA

O dado é revelador das possibilidades de um réu que dispõe de recursos par pagar bons advogados: a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva protocolou até o momento 78 questionamentos judiciais no âmbito do processo do triplex do Guarujá (SP), que levou o petista à condenação e prisão na Operação Lava Jato.

JORNADAS BRASILEIRAS DE RELAÇÕES DO TRABALHO EM SANTA ROSA

“Diálogo: A Ferramenta da Democracia: Perspectivas políticas da Modernização” foi o tema da palestra do ex-ministro do Trabalho,o deputado federal gaúcho Ronaldo Nogueira ao falar na edição de Erechim da série de Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho. Para Nogueira, a segurança jurídica de uma negociação, se dá pela fidelidade dos seus contratos . Esse contrato tem que ser fiel. Depois de assinado, deve ser cumprido pelas partes” . A próxima cidade a receber as Jornadas Brasileiras do Trabalho será Santa Rosa, nesta segunda-feira às 19h30min, no Imigrantes Hotel, na RS 344, sentido Timbaúva/Santa Rosa.