Pfizer larga na frente e inicia processo na Anvisa para análise de resultados de vacina

A Pfizer iniciou, nesta quarta-feira (25/11), os primeiros movimentos a fim de conseguir o registro da vacina BNT162b2, contra a covid-19, junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A farmacêutica aderiu à submissão contínua, processo incorporado pela agência no âmbito da pandemia para agilizar as análises e as incorporações de vacinas contra o novo coronavírus.

Uma reunião entre representantes da Pfizer e da Anvisa marcou o início do processo, conforme informou a farmacêutica. “O pedido de submissão contínua à Anvisa será baseado em todos os dados relacionados ao desenvolvimento da vacina, que será encaminhado à agência em etapas, e inclui o índice de eficácia de 95%, sete dias após a administração da segunda dose, demonstrado no estudo clínico de fase 3”.

A Anvisa confirmou a abertura do procedimento, mas reforçou que, por enquanto, não houve envio de nenhum dado de pesquisa, seja pré-clínico ou clínico.

Deixar uma resposta