A empresa alemã Lufthansa inclui Brasil no teste de camas para vôos na primeira classe e classe econômica.

O privilégio de dormir em viagem aérea  será estendido aos passageiros da classe econômica, planeja a empresa alemã Lufthansa.

A cama deverá ser composta por três ou quatro assentos. O passageiro receberá uma capa macia, um travesseiro e um cobertor para maior conforto. A regalia será ofertada a quem desejar fazer um “upgrade” no preço da passagem.

A companhia fará os primeiros testes da novidade em dezembro durante voos de Frankfurt a São Paulo. A ideia é que as camas sejam oferecidas apenas em voos de longa duração. O acesso à cama custará mais R$ 1.400 em cada trecho, contou reportagem do “Mirror”.

Quem optar por essa regalia terá o direito de embarcar primeiro na aeronave. Os passageiros não poderão fazer reservas com antecedência.

A Lufthansa afirmou que, dependendo do feedback dos passageiros, a iniciativa não vai demorar para ser aplicada em outras rotas da empresa.

Deixar uma resposta