TCE MANDA PARAR LICITAÇÃO DO LIXO EM CACHOEIRINHA

O Tribunal de Contas do Estado determinou ontem que a prefeitura de Cachoeirinha puxe o freio de mão e segure emitiu medida cautelar determinando a suspensão a contratação de empresa para a realização de investimentos e prestação de serviços de coleta urbana de lixo, por meio de Parceria Público-Privada. Trata-se de um negócio de impressionantes R$ 421 milhões de reais.

Deixar uma resposta