STF NÃO ACREDITA NA ANISTIA DAS MULTAS

Indiferente ao movimento iniciado no Congresso Nacional, para anistiar multas das grandes empresas de transporte, o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes determinou ontem, que mais 46 empresas paguem, em 15 dias, R$ 506,5 milhões em multas judiciais pelo descumprimento da liminar que determinava o desbloqueio imediato das rodovias, durante a paralisação dos caminhoneiros.

Deixar uma resposta

O Blog de Flavio Pereira