MARCEL COBRA EXPLICAÇÕES DO SANTANDER CULTURAL

21107199_127023767929168_4832318595797090304_n

A polêmica criada em torno da exposição Queermuseu – Cartografias da diferença na Arte Brasileira, com imagens retratando pedofilia e zoofilia, no Santander Cultural levou ao encerramento da mostra, e a uma nota do banco patrocinador, justificando a medida. O deputado Marcel Van Hatten (PP) porém, reagiu ontem dizendo que “ isso não é pedido de desculpas. É apenas um “foi mal, dessa vez nos desmascararam. Tentaremos melhor da próxima vez”. Ele anuncia que quarta-feira, na Comissão de Direitos Humanos, estará aguardando um representante do banco para responder pessoalmente na Assembleia Legislativa “por mais essa barbaridade chancelada com o dinheiro público, através de lei de incentivos fiscais. Inadmissível!”

Deixar uma resposta

O Blog de Flavio Pereira