MAIS DO MESMO

Tem razão o governador gaúcho ao reivindicar mais atenção pontual ao estado, além do que foi anunciado no pacote de ajuda aos governos estaduais. A suspensão do pagamento das parcelas da dívida com a União,e a manutenção dos níveis de repasse dos Fundos de participação não muda o quadro de dificuldades locais. Há compromissos com precatórios e com bancos internacionais que pecisam ser resolvidos. Hoje,na conferência com secretários da saúde,podem surgir detalhes sobre repasse de recursos para o enfrentamento à epidemia.

Deixar uma resposta