JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE

A judicialização da saúde, provocada por pessoas que buscam na Justiça fugir da fila por um tratamento urgente, tornou-se um pesadelo nos orçamentos dos municipios. Coordenadora do comitê de Saúde, a juiza corregedora do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Rosana Broglio Garbin revela que “no último levantamento,realizado no inicio do ano, o número de ações da saúde em andamento ,beirava os 90 mil , considerando saúde publica e suplementar.”

Deixar uma resposta