INVESTIGAÇÃO DE JAIRO JORGE E BETO ALBUQUERQUE NO ÂMBITO DA LAVA JATO VAI TRAZER REFLEXOS NA ELEIÇÃO DE 2018

Sem título

O desmembramento das investigações em relação às delações premiadas do Grupo Odebrecht, determinado pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, direcionou para os estados os casos de nomes que não possuem prerrogativa de foro. Ontem, a Procuradoria da Republica junto ao Tribunal Regional Federal determinou que a Polícia Federal instaure inquéritos para apurar as denúncias de que revelou o ex-candidato a vice-presidente da República Beto Albuquerque (PSB) recebeu, em 2010 e 2012, R$ 300 mil de caixa 2 para campanhas. A outra investigação, em relação ao ex-prefeito de Canoas Jairo Jorge (ex PT, agora no PDT) apura denuncia indicando a doação de R$ 450 mil, também via caixa 2, nos anos de 2008 e 2012. Os dois, Beto e Jairo Jorge garantem que a investigação servirá para demonstrar suas inocências.

Deixar uma resposta

O Blog de Flavio Pereira