Governo já bloqueou benefícios do Bolsa Família para quem fez doação eleitoral.

Governo fixa prazo para beneficiário do Bolsa Família suspender bloqueio definitivo por irregularidade na eleição.

Os beneficiários do programa Bolsa Família que tenham sido identificados como doadores de recursos financeiros ou prestadores de serviços para campanhas eleitorais já tiveram o bloqueio do benefício social em janeiro. Em caso de erro, aquelas famílias com renda per capita (por pessoa) mensal superior a dois salários mínimos no mês de dezembro (R$ 2.090) poderão atualizar os cadastros até dia 15 de janeiro para provar que estão em situação legal e pedir o desbloqueio do valor. Caso contrário, o pagamento será cancelado definitivamente.

Deixar uma resposta