QUAL SERÁ O FUTURO DO CAIS MAUÁ NA CAPITAL GAÚCHA?

QUAL SERÁ O FUTURO DO CAIS MAUÁ NA CAPITAL GAÚCHA?

A rescisão do contrato de concessão do Estado à empresa gestora do Cais Mauá, alegando inadimplência no pagamento de R$ 5,3 milhões do arrendamento, não será tão simples assim. A área pertence ao governo federal,e poderá ser cedida ao governo do Estado para facilitar a solução do imbroglio. A administração da empresa Cais Mauá do Brasil,caso ocorra a formalização do rompimento,não pretende atacar a medida,levando-a ao Judiciário. Procurador do grupo empresarial,o advogado Claudio Lamachia garante que , se for arguida, não se sustenta juridicamente a justificativa do Estado para romper o contrato. O governador Eduardo Leite vai bater o martelo nos próximos dias.

Deixar uma resposta