O CASO GAMP EM CANOAS

A operação policial,que prendeu ontem três pessoas por conta das investigações de possiveis irregularidades na relação do Gamp,Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública na gestão da saúde em Canoas, contratada na gestão do prefeito Jairo Jorge, promete desdobramentos.

Deixar uma resposta