STF vai derrubar decisão de Lewandoski que tumultua pacote para salvar empregos.

O STF deverá examinar dia 16 a  curiosa decisão  liminar do ministro Lewandoski que inviabiliza a ajuda do governo federal para salvar empregos no pais. A maioria dos ministros do Supremo deve derrubar a liminar de Ricardo Lewandowski que exigiu a anuência dos sindicatos nos acordos entre empregado e empresa para reduzir a jornada ou suspender o contrato de trabalho durante a epidemia do novo coronavírus.
A decisão do ministro praticamente inviabiliza a medida provisória lançada pelo governo para salvar os empregos durante a crise. A liminar de Lewandoski coloca em risco mais de 7 mil acordos que já haviam sido firmados, criando caos e insegurança jurídica para empresas e empregados.

Deixar uma resposta