DESESPERADO, MADURO JÁ ACEITA DIALOGAR COM EUA

Nicolas Maduro num esforço desesperado, autorizou aos comandantes militares da sua confiança – ele já criou mais de 2 mil cargos de general,para ganhar apoio nas Forças Armadas – a abrirem um dialogo direto com o gabinete do presidente Donald Trump. Ontem,o próprio presidente Trump admitiu que esse dialogo passou a ocorrer,mas no sentido de apressar a saida do ditador Maduro do poder.

Apesar da confirmação dos contatos, os Estados Unidos continuam a considerar o oposicionista Juan Guaidó como legítimo presidente da Venezuela.

Deixar uma resposta