CEEE RETÉM  VALORES GIGANTESCOS DE ICMS

O caso da CEEE,segundo um estudo feito pela assessoria do deputado Ernani Polo,bem demonstra a dimensão do problema: por conta do atual modelo,que permite à empresa recolher o imposto na conta de consumo, e só depois repassá-lo ao estado, algumas concessionárias, têm se apropriado destes valores. No caso da CEEE, chegando hoje a uma dívida, apenas em ICMS,  equivalente a quase duas folhas de pagamento do executivo. Ou algo em torno dos R$ 2 bilhões.

Deixar uma resposta