A FALÁCIA DO AUMENTO DE PENAS

Em Brasília, os deputados do grupo de trabalho que analisa mudanças na legislação penal aprovaram, na quinta-feira, uma proposta que aumenta para 40 anos o tempo máximo de cumprimento de pena privativa de liberdade no Brasil, 10 anos a mais que o atual limite de 30 anos. Todo esse trabalho será inócuo,se os legisladores não alterarem o atual dispositivo de progressão das penas,que torna a pena de 30 ou 40 anos,mera falácia: ninguém cumpre esse limite,seja qual for o crime cometido.

Deixar uma resposta