RECEITA AMARGA PARA O PRÓXIMO PRESIDENTE

O Ministério do Planejamento elaborou um documento avisando que o novo governo terá de enviar ao Congresso no primeiro mês, um pedido de crédito extraordinário, da ordem de R$ 285 bilhões, para cobrir gastos com a Previdência e pagar despesas correntes sem violar a chamada “regra de ouro” – que impede o governo de contrair dívidas para manter a máquina pública em funcionamento. Se ignorar a “regra de ouro”, o presidente pode ser acusado de crime de responsabilidade.

Deixar uma resposta