PACOTE DE BONDADES PODE NÃO SE REPETIR

O Regime de Recuperação Fiscal foi lançado pelo presidente Michel Temer em condições colocadas no limite da responsabilidade fiscal da União. Não por bondade. Mas,porque o presidente precisaca naquele momento, do apoio dos governadores em um momento dificil da transição do seu governo. A demora no cumprimento das exigencias pelo Rio Grande do Sul é que adiou a assinatura do acordo. Dificilmente outro presidente, com os graves problemas fiscais do país, proporá um acordo melhor.

Deixar uma resposta