CENÁRIO CAÓTICO NO ESTADO

O cenário das finanças publicas do Rio Grande do Sul para o final de ano,e a projeção para a próxima gestão se apresenta no mínimo, caótico. Bravatas à parte, qualquer pessoa com razoável domínio das noções básicas da aritmética percebe que, sem a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal, hoje quase impossível, o estado ficará inviável nos próximos anos. Fosse uma empresa privada, e seria mais um caso para a Vara de Falências.

Deixar uma resposta