“ARMAÇÃO” NO PEDIDO DE IMPEACHMENT DO PREFEITO  MARCHEZAN EM PORTO ALEGRE

“ARMAÇÃO” NO PEDIDO DE IMPEACHMENT DO PREFEITO  MARCHEZAN EM PORTO ALEGRE

O biólogo Claudio Francisco Mota Souto, que é filiado ao PP, revela em carta entregue ao vereador Reginaldo Pujol (DEM) e ao próprio prefeito de Porto Alegre Marchezan Jr, indícios de que o pedido de impeachment do qual ele foi signatário, e que tramita na Câmara da capital gaúcha, foi uma “armação” da qual teria participado um assessor do vereador Ricardo Gomes,do PP. pedido contou com a conivência da então presidente da Câmara,vereadora Monica Leal que, com extrema rapidez, colocou em votação a tarde,um requerimento de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito protocolado pela manhã na Câmara. O fato, se confirmado, desnuda o baixissimo nível da politica praticada por alguns partidos politicos.

Deixar uma resposta