LIVRE AQUI, CONDENADO  NOS ESTADOS UNIDOS

LIVRE AQUI, CONDENADO NOS ESTADOS UNIDOS

A justiça americana conseguiu o que a Justiça brasileira não conseguiu: condenar o corrupto ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol José Maria Marin. Ontem, foi anunciada sua condenação em Nova York, nos Estados Unidos, a quatro anos de prisão por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, fraude financeira e formação de organização criminosa. A Justiça americana considerou Marin culpado de crimes cometidos no período em que comandou a CBF (2012-2015).

Deixar uma resposta