HÁ UMA OUTRA RAZÃO

A perseguição da esquerda instalada na máquina pública e na imprensa se dá na verdade por outra razão: Ernesto Araújo tem uma posição definida sobre a guinada que a diplomacia brasileira deve fazer. Ele defende que o Brasil deixe de alinhar-se com ditaduras caloteiras que ajuda a sustentar, como Cuba, Venezuela, Bolívia e Coreia do Norte, por exemplo. E passe a alinhar-se com aliados de outro porte econômico e ideológico, como os Estados Unidos.

Deixar uma resposta