“PERDEMOS A NOÇÃO DE AUTORIDADE”

Assinala o comandante, que “Vivemos uma era de conflitos e incertezas, na qual os individualismos se exacerbaram e o bem comum foi relegado a segundo plano. Perdemos a disciplina social, a noção de autoridade e o respeito às tradições e aos valores, o que nos tornou uma sociedade ideologizada, intolerante e fragmentada. Estamos nos infelicitando, … Ler mais“PERDEMOS A NOÇÃO DE AUTORIDADE”

OMISSÃO DOS GOVERNANTES NO RIO

O comandante trata da anomia reinante no Rio de Janeiro: “Atuamos no Rio Grande do Norte, no Espírito Santo e, particularmente, no Rio de Janeiro, onde a população alarmada deposita esperanças em uma intervenção que muitos, erroneamente, pensam ser militar. Passados seis meses, apesar do trabalho intenso de seus responsáveis, da aprovação do povo e … Ler maisOMISSÃO DOS GOVERNANTES NO RIO

“HORA COBERTA DE DÚVIDAS”

Sore a indignação seletiva com as vítimas da violência,disse “Vivemos tempos atípicos. Valorizamos a perda das vidas de uns em detrimento das de outros. Há quatro dias, durante operações no Rio de Janeiro, perdemos o cabo Fabiano de Oliveira Santos e o soldado Marcus Vinícius Viana Ribeiro, ambos do 2º Batalhão de Infantaria Motorizado, além … Ler mais“HORA COBERTA DE DÚVIDAS”