PT e seus puxadinhos (PDT, PSOL, PCdoB..) se unem a Rodrigo Maia para eleger um presidente da Câmara anti-Bolsonaro.

 

Desde 2018, vários partidos têm enfrentado tempos difíceis: encontraram pela frente um presidente da Republica que não rouba, nem deixa roubar.

Reunidos por quase três horas  quinta-feira 17), os presidentes nacionais e líderes das bancadas de PT, e seus puxadinhos, o PDT, PSB, PCdoB e PSOL, o grupo de FHC, Aécio e Serra no PSDB,  formalizaram o veto ao candidato Arthur Lira (PP-AL), que segundo eles, é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro para o comando da Câmara dos Deputados.

O movimento aliou-se ao atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o  Botafogo, e deverá lançar um candidato que se oponha a Lira. O PT e seus puxadinhos se unem a Rodrigo Maia.

De olho na eleição de 2022, a esquerda aliada a Rodrigo Maia, o Botafogo  quer  eleger um presidente da Câmara que possa, com a ajuda do que resta da Rede Globo,  atrapalhar ainda mais ao governo de Jair Bolsonaro. Se possivel, com a ajuda de alguns ministros do STF.

Deixar uma resposta