AO CONTRÁRIO DA GOL, VARIG NEGOU PROPINA PARA A ESQUERDA,E QUEBROU

AO CONTRÁRIO DA GOL, VARIG NEGOU PROPINA PARA A ESQUERDA,E QUEBROU

A delação de um dos sócios da Gol Linhas Aéreas, Henrique Constantino em delação premiada , de ter repassado R$ 7 milhões em propina ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e a outros politicos, revela que Varig não conseguiu ser recuperada,exatamente por não ter entrado no esquema de propinas. A Varig, era a maior empresa de aviação do Brasil, e quebrou em 2006 depois de uma via crucis de sofrimentos e retaliações dos governos de Lula. O PT de Lula, que estava no poder nessa época, negou aporte à empresa,segundo Paulo Antony, comandante da Varig por mais de 20 anos. Ele e milhares de outros funcionários da Varig até hoje lutam na Justiça para ter seus direitos trabalhistas pagos. A Varig começou a ter problemas em 2002, quando os petistas procuraram o então presidente da companhia, Ozires Silva, para que contribuísse para a campanha de Lula. A contribuição foi negada. Na época presidente do PT, José Dirceu, disse que se o PT fosse eleito, a Varig passaria a pão e água. E o PT quebrou a VARIG.

Deixar uma resposta