PF pede que André do Rap, solto pelo ministro Marco Aurélio, entre na lista de procurados da Interpol

A Polícia Federal pediu que o nome do traficante André Oliveira Macedo — conhecido como André do Rap — solto por ordem do ministro Marco Aurélio,do STF, passe a integrar a lista dos mais procurados da Interpol, já que instituição considera que o traficante fugiu do Brasil. André do Rap desapareceu no último sábado quando … Ler mais PF pede que André do Rap, solto pelo ministro Marco Aurélio, entre na lista de procurados da Interpol

Governo gaúcho divulga regras para realização de eventos de maior porte no Estado

A partir da publicação do Decreto 55.537, de 9 de outubro de 2020, no Diário Oficial, o governo do Estado liberou a operação de restaurantes com autosserviço (self service) e a realização de eventos corporativos de maior porte, bem como eventos sociais e culturais em teatros, auditórios e casas de espetáculos, com público sentado. A liberação … Ler mais Governo gaúcho divulga regras para realização de eventos de maior porte no Estado

Terapeuta Tadashi Kadomoto é acusado de estupro de vulnerável

Terapeuta teve fama amplificada durante pandemia por fazer lives diárias de meditação no Youtube. Justiça de São Paulo aceitou, na última semana, denúncia feita por ex-aluna, informa rede de tevê. Tadashi Kadomoto é réu em um processo que tramita na Justiça de São Paulo por estupro de vulnerável. Com mais de 1,6 milhão de seguidores … Ler mais Terapeuta Tadashi Kadomoto é acusado de estupro de vulnerável

Desde a sua posse no comando do STF, Luiz Fux já enquadrou Gilmar Mendes, Lewandowski e Marco Aurélio

O Presidente do STF há um mês,  ministro Luiz Fux, único magistrado de carreira na Corte, vem fazendo a diferença, como há muito não se via. Primeiro, devolveu ao plenário as decisões da Segunda Turma sobre matéria penal, acabando com a farra comandada pelos ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski que, sozinhos, vinham aprovando decisões … Ler mais Desde a sua posse no comando do STF, Luiz Fux já enquadrou Gilmar Mendes, Lewandowski e Marco Aurélio

Pardal, aplicativo para queixas de irregularidades cometidas na campanha eleitoral, já tem 10 mil denúncias.

Pardal, aplicativo da Justiça Eleitoral para recebimento de denúncias de irregularidades cometidas na campanha eleitoral, já registrou mais de 10 mil reclamações desde o seu lançamento, há um mes. O Ministério Público Eleitoral (MPE) e a Justiça Eleitoral são os responsáveis por apurar as infrações relatadas pelos usuários. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a … Ler mais Pardal, aplicativo para queixas de irregularidades cometidas na campanha eleitoral, já tem 10 mil denúncias.