TEMEROSO, STF PODE DERRUBAR PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA,MAS MANTER LULA PRESO.

O STF retoma hoje julgamento sobre prisões de condenados em segunda instância, que apenas entrou na pauta,graças à pressão de criminosos bilionários que conseguiram contratar escritórios milionários,que exercem notória influência junto a ministros da Corte. Porém,pressentindo a pressão da sociedade, ganha força no Supremo Tribunal Federal (STF) o chamado caminho do meio. Nesse cenário, não seria definido como marco temporal para o início do cumprimento da pena nem a segunda instância, nem o trânsito em julgado – ou seja, o fim da análise de todos os recursos judiciais possíveis. A solução seria prender os réus depois da condenação confirmada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Se essa tese for vitoriosa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja condenação foi mantida pelo STJ, continuaria preso.

Deixar uma resposta