Má gestão da saúde leva Porto Alegre e outras quatro regiões para bandeira vermelha no RS

A má gestão da saúde pelos prefeitos de Porto Alegre,e de vários municipios gaúchos explica porque estas regiões passaram para a classificação de bandeira vermelha. Na pr´tica,estes prefeitos não aproveitaram o período das restrições mais rigorosas, para equipar suas áreas de saúde com o dinheiro recebido do Governo Federal. Além de Porto Alegre as cidades de Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa e Palmeira das Missões e os municípios vizinhos que compõem as chamadas “regiões covid” subiram o nível de risco e, de forma preliminar, estão sujeitas a aumentar as restrições à circulação e à economia. As prefeituras terão 24 horas para solicitar eventuais recursos, que serão analisados na segunda-feira (22). As mudanças, após discussão pelo gabinete de crise do Piratini, entram em vigor na terça (23) nos locais em que a decisão anunciada no sábado for confirmada.

Deixar uma resposta