Lei sancionada por Jair Bolsonaro da doação de alimentos, teve texto do deputado gaúcho Giovani Cherini

A lei sancionada pelo presidene Jair Bolsonaro, (Lei nº 14.016/2020), que autoriza a doação, a pessoas em situação de vulnerabilidade, de alimentos não comercializados por supermercados, restaurantes e outros estabelecimentos, teve origem no texto do relator da proposta na Câmara,o deputado federal gaúcho Govani Cherini (PL) .

“População carente não precisa mais buscar comida no lixo”

Cherini disse à coluna, que “a lei 14.016 é um grande passo para que a população mais carente não precise buscar comida no lixo, ao mesmo tempo que diminui o desperdício nos estabelecimentos comerciais fornecedores de produtos alimentícios. São mais de 10 milhões de pessoas passando fome no Brasil. E os restaurantes, bares e supermercados proibidos de fazerem doações daquilo que sobra”, disse o deputado.

Deixar uma resposta