HOSPITAL DO PACAEMBU: MARKETING PARA COVAS E DÓRIA

Especialistas dizem que utilizar a rede hoteleira ociosa de São Paulo, teria um menor custo. Mas falou mais alto o marketing: o hospital de campanha no estádio do Pacaembu, na zona oeste de São Paulo, rende fotos na imprensa internacional. Agora, a Prefeitura paulista informa que chegarão os materiais médicos: macas, oxigênio e todo aparato necessário para cuidar dos pacientes diagnosticados com a Covid-19.

Duas tendas foram montadas no gramado do estádio em um espaço de seis mil metros quadrados. As tendas possuem dez módulos. Cada módulo tem capacidade para receber 20 leitos. Ou seja, no total, o Pacaembu terá 200 leitos.

O local começará a receber os doentes na segunda-feira com atos políticos do prefeito de São Paulo, Bruno Covas,e do governador João Dória.

Deixar uma resposta