PARA GARANTIR APROVAÇÃO DO PACOTE ,GOVERNO GAÚCHO PERDE QUASE R$ 5,6 BI

O governo do Rio Grande do Sul chegou no limite e o governador Eduardo Leite, para estancar a desidratação do pacote de reformas, sinalizou que não há mais onde ceder. Com as concessões do governo aos pedidos de deputados da base, a economia inicial caiu dos R$ 25,4 bilhões projetados em 10 anos para R$ 19 bilhões.

Deixar uma resposta