ESTADOS QUEBRADOS?

A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou ontem que o Rio Grande do Sul e outros 13 estados estão estourando os limites de gastos com pessoal. Isso vinha ocorrendo há muito tempo devido a uma esperteza contábil: alguns Estados, não consideram em suas despesas com pessoal algumas rubricas de despesas importantes, como as despesas com pensionistas, imposto de renda retido na fonte e as despesas com obrigações patronais. Sem lançar estas despesas,as contas pareciam tranquilas, dentro do o limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal com pessoal. A legislação determina que o comprometimento máximo das despesas com este gasto seja de 60%.

Deixar uma resposta