A UNIÃO DO PIOR: PT E CENTRÃO

Deputados do Partido dos Trabalhadores e do chamado Centrão, facções que reúnem o maior número de acusados por corrupção por metro quadrado em todo o continente, uniram-se na Câmara Federal. O primeiro resultado,foi a retirada do texto da Reforma Administrativa, do controle do COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do controle do ministério da Justiça comandado pelo ministro Sérgio Moro. A derrota do governo ocorreu na comissão mista que analisou a Medida Provisória 870/19, que reorganiza a estrutura ministerial do Poder Executivo. O movimento do grupo revela o temor de que o ministro Sérgio Moro tenha acesso direto à investigação e rastreamento mais rápido de movimentações financeiras. O tema precisará ainda,ser aprovado pelo plenário da Câmara.

Deixar uma resposta