ZOMBANDO DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL, WATERS VEM AO ESTADO

Investigados pela Justiça Eleitoral, os diretores da empresa T4F Entretenimento, produtora responsável pelos shows do cantor Roger Waters no Brasil, foram intimados após o ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral , aceitar o pedido de Investigação Judicial Eleitoral movido pela campanha de Jair Bolsonaro (PSL). Fernando Haddad (PT) e Manuela D´Ávila (PC do B) também foram notificados. A acusação: os shows no Brasil teriam configurado abuso de poder econômico contra o candidato do PSL. Roger Waters, que zomba da justiça eleitoral, tem show marcado para esta terça-feira em Porto Alegre.

Deixar uma resposta