VERGONHA ALHEIA

VERGONHA ALHEIA

Neste final de semana, uma situação que se insere no que foi tratado pelo ex-ministro }Sidney Sanches, nos faz sentir a chamada “vergonha alheia” quando aparentemente, as questões ideológicas e os compromissos partidários possam estar sendo levados em conta na tomada de uma decisão que deveria ser eminentemente técnica. Falo, é claro, desta decisão do desembargador Rogério Favretto, plantonista que decidiu sobre matéria já julgada por órgão colegiado do tribunal ao qual pertence.

Deixar uma resposta