VANDALISMO E IMPUNIDADE

VANDALISMO E IMPUNIDADE

A ação terrorista realizada ontem na sede do Supremo Tribunal Federal foi repudiada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), maior entidade representativa da magistratura nacional, das esferas estadual, trabalhista, federal e militar. Em nota pública, a entidade dos magistrados condena “os atos de vandalismo” na sede do Supremo Tribunal Federal, em Brasília. Ontem, cerca de 20 manifestantes que pediam ‘Lula livre’ jogaram tinta vermelha na entrada da Corte máxima e depois saíram em duas vans. A Polícia Federal vai investigar o ataque. Ninguém foi preso. Esta impunidade alimenta a banalização destes atos.

Deixar uma resposta