UMA SOBREVIDA À ULBRA

Andou bem a a 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça ao decidir por unanimidade,acatar recurso da Ulbra, Universidade Luterana do Brasil, e aceitar o pedido de recuperação judicial que havia sido negado em primeira instância. A decisão dá uma sobrevida à Universidade, ao definir que ficam suspensos bloqueios de contas da universidade e leilões para pagamento de dívidas trabalhistas, com bancos e outros credores, por exemplo, que chegam a R$ 2,5 bilhões.

Deixar uma resposta