TOFFOLI ADIA DECISÃO SOBRE PRISÃO IMEDIATA PARA CONDENADOS POR ASSASSINATOS.

Os autores de assassinatos, já condenados, respiram aliviados com a decisão do presidente do STF Dias Toffoli. O ministro Dias Toffoli adiou de 12 de fevereiro para 23 de abril o julgamento que poderá permitir a execução imediata da pena de condenados pelo tribunal do júri, que julga acusados de assassinato.

Deixar uma resposta