STF já garante maioria para manter prisão do lider do PCC solto por Marco Aurélio.

O julgamento ainda não terminou, mas com seis votos, o Supremo Tribunal Federal já formou maioria pela prisão do traficante André Oliveira Macedo, conhecido como André do Rap, apontado como um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando Capital. A sessão foi suspensa.  A decisão contraria liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, que foi derrubada em seguida pelo presidente do STF, Luiz Fux.

Faltam votar Marco Aurelio, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Carmen Lúcia. O presidente do STF definiu a justificativa de Marco Aurélio para  soltar do traficante como “fragilíssima”

Deixar uma resposta